Dom Paulo Jackson, arcebispo de Olinda e Recife, recebe o pálio arquiepiscopal

  • Home
  • -
  • Notícias
  • -
  • Dom Paulo Jackson, arcebispo de Olinda e Recife, recebe o pálio arquiepiscopal
Dom Paulo Jackson, arcebispo de Olinda e Recife, recebe o pálio arquiepiscopal
Fonte: VATICANO

Dom Paulo Jackson, arcebispo de Olinda e Recife, recebe o pálio arquiepiscopal

Arcebispo de Olinda e Recife e segundo-vice presidente da CNBB, dom Paulo Jackson recebeu das mãos do Núncio Apostólico no Brasil, dom Giambattista Diquatro, o pálio arquiepiscopal. Abençoado todos os anos na Festa de Santa Inês (21 de janeiro), o pálio é entregue aos arcebispos recém-eleitos, tradicionalmente, no dia 29 de junho durante a Solenidade de São Pedro e São Paulo, presidida pelo Papa. No ano passado, dom Paulo Jackson não pode comparecer à cerimônia transferindo para este mês o rito

Ouça e compartilhe

O arcebispo de Olinda e Recife (PE) e segundo-vice presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Paulo Jackson, recebeu no sábado (27), o pálio arquiepiscopal. A solenidade foi presidida pelo Núncio Apostólico no Brasil, dom Giambattista Diquatro, e acompanhada por bispos do Regional Nordeste 2 da CNBB, padres, diáconos, religiosos e religiosas, leigos e leigas que lotaram a Catedral de São Salvador do Mundo, em Olinda.

 

O pálio é uma faixa de cerca de cinco centímetros de largura confeccionada com lã de cordeiros criados pelos monges trapistas da Abadia de Tre Fontane, em Roma. Esse paramento é decorado com seis cruzes negras de seda, representando as feridas de Cristo, e colocado sobre os ombros dos arcebispos simbolizando a ovelha e, ao mesmo tempo, representa a comunhão do pastor com a Santa Sé.

Abençoado todos os anos na Festa de Santa Inês (21 de janeiro), o pálio é entregue aos arcebispos recém-eleitos, tradicionalmente, no dia 29 de junho durante a Solenidade de São Pedro e São Paulo, presidida pelo Papa. No ano passado, dom Paulo Jackson não pode comparecer à cerimônia transferindo para este mês o rito.

“O pálio nos lembra o jugo sagrado de Cristo colocado em cada batizado. O jugo de Cristo é idêntico à sua amizade, portanto, um jugo suave, mas também um jugo exigente que forma para a sua vontade e para o seu amor. Ele recorda que também nós como pastores devemos levar os outros conosco em nossos ombros para Cristo”, afirmou dom Giambattista Diquatro.

Cumprindo o rito de imposição do pálio, dom Paulo Jackson renovou as promessas batismais e reafirmou, perante o núncio e toda a assembleia, o seu compromisso e fidelidade à Igreja.

 

“Ao ter assumido esse ofício de arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife, e hoje, recebendo o pálio, prometo conservar sempre a comunhão com a Igreja Católica quer de palavras por mim proferidas, quer em meu procedimento. Com grande diligência e fidelidade desempenharei os ofícios pelos quais estou ligado em função da Igreja. Com obediência cristã seguirei o que declara os sagrados pastores prestarei fielmente auxílio ao Santo Padre, o Papa, a fim de que a ação apostólica a ser exercida em nome e por mando da Igreja se realize em comunhão da mesma Igreja”, declarou o arcebispo.

Após receber o pálio arquiepiscopal, dom Paulo Jackson presidiu a Missa em Ação de Graças. A solenidade contou com a participação da governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, e autoridades dos poderes legislativo e judiciário.

(Fonte – CNBB NE2)

DomSegTerQuaQuiSexSab
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19202122
23242526272829
30123456
DomSegTerQuaQuiSexSab
30123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
DomSegTerQuaQuiSexSab
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293012345
DomSegTerQuaQuiSexSab
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
DomSegTerQuaQuiSexSab
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
1
2
3
4

Livros Recentes