Missa de reparação celebrada na igreja profanada por atentado em Istambul

  • Home
  • -
  • Notícias
  • -
  • Missa de reparação celebrada na igreja profanada por atentado em Istambul
Missa de reparação celebrada na igreja profanada por atentado em Istambul
Fonte: VATICANO

Missa de reparação celebrada na igreja profanada por atentado em Istambul

Os detalhes do ataque revelam que a ação poderia ter tido consequências mais graves se as armas dos terroristas não tivessem emperrado. “Os dois agressores - confirmou também o ministro do Interior turco, Ali Yerlikaya - estavam equipados com pistolas calibre 7,65. Graças a Deus ambas as armas parecem ter travado e consequências piores foram evitadas”.

Uma Missa de reparação foi celebrada às 19h de quinta-feira, 1º de fevereiro, na Igreja da Natividade de Nossa Senhora em Büyükdere, no distrito de Sariyer, ao norte de Istambul, onde Tuncer Cihal, de 52 anos, foi morto durante um ataque terrorista no domingo, 28 Janeiro. A Celebração Eucarística foi presidida por dom Marek Solczinsky, núncio apostólico na Turquia, e por dom Massimiliano Palinuro, vigário apostólico de Istambul para os Católicos de Rito Latino.

“Depois do terrível ato de violência e profanação perpetrado no domingo, 28 de janeiro” –  anunciava em um comunicado o Vicariato Apostólico de Istambul – “será celebrada uma Missa de reparação na igreja profanada. Nesta ocasião, um novo altar será consagrado na igreja e orações serão feitas pela alma do falecido Tuncer Cihal, morto nestas terríveis circunstâncias”.

 

No último domingo, os dois terroristas invadiram a igreja durante a celebração da Missa. Cerca de 35 pessoas estavam presentes no local de culto. Agora, nos sentimentos das pessoas presentes, misturam-se consternação e gratidão. “É evidente que o ataque foi planejado para ter efeitos muito mais graves, e a mão do Senhor quis que isso não acontecesse”, observa à Agência Fides padre Julian Pista, da Comunidade dos Frades Conventuais de Istambul.

Os detalhes do ataque revelam que a ação poderia ter tido consequências mais graves se as armas dos terroristas não tivessem emperrado. “Os dois agressores - confirmou também o ministro do Interior turco, Ali Yerlikaya - estavam equipados com pistolas calibre 7,65. Graças a Deus ambas as armas parecem ter travado e consequências piores foram evitadas”.

As operações policiais desencadeadas após o ataque levaram à detenção dos dois supostos agressores – um cidadão tadjique e um russo – e de outras 51 pessoas – tadjiques, russos e turcos – consideradas ligadas ao grupo terrorista jihadista responsável pela ação terrorista. Foi também apurado que o veículo utilizado pelos agressores chegou da PolÒnia há dois anos e nunca tinha sido utilizado antes de ser utilizado no ataque. No momento do taque, o cônsul-geral polonês em Istambul, Witold Lesniak, também estava presente na igreja para participar da Missa com a sua família.

Dom Massimiliano Palinuro expressou numa mensagem escrita “a nossa gratidão a todos os agentes da lei, em particular ao nosso ministro do interior, Sr. Ali Yerlikaya, que conseguiu capturar os autores do atentado e seus comparsas num curto período de 12 horas depois do ataque brutal ocorrido em 28 de janeiro de 2024 na Igreja católica da Natividade da Virgem Maria, pertencente à nossa diocese. Aproveitamos esta oportunidade - acrescentou o prelado - para reafirmar que precisamos do seu intenso apoio para aumentar e fortalecer as medidas de segurança durante as celebrações das comunidades católicas nas suas igrejas em Istambul. Estamos gratos pelos vossos esforços para manter este clima de amor e respeito mútuo em Istambul, onde todas as religiões viveram em fraternidade durante séculos”. “Como católicos que vivem em Istambul - continuou o Vigário - conhecemos o sincero amor fraterno, a consciência e a hospitalidade do povo do nosso país. Amamos muito nosso país e nosso povo. Gostaríamos de salientar que indivíduos e grupos que pensam que nos fecharemos às igrejas e trancaremos as nossas portas por dentro, pensando que estão a espalhar uma onda de terror através de um acto de terror, não o poderão fazer. "

*Agência Fides 

Obrigado por ter lido este artigo. Se quiser se manter atualizado, assine a nossa newsletter clicando aqui

DomSegTerQuaQuiSexSab
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23242526272829
30123456
DomSegTerQuaQuiSexSab
30123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
DomSegTerQuaQuiSexSab
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293012345
DomSegTerQuaQuiSexSab
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
DomSegTerQuaQuiSexSab
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
1
2
3
4

Livros Recentes