Apelo do Papa: continuemos a rezar por quem sofre pelas guerras

  • Home
  • -
  • Notícias
  • -
  • Apelo do Papa: continuemos a rezar por quem sofre pelas guerras
Apelo do Papa: continuemos a rezar por quem sofre pelas guerras
Fonte: VATICANO

Apelo do Papa: continuemos a rezar por quem sofre pelas guerras

Francisco, nas suas saudações após o último Angelus de 2023, volta a falar do sofrimento de quem vive em países devastados pela violência: “Quem tem interesse nestes conflitos ouça a voz da consciência”. O seu pensamento vai então para Bento XVI, um ano após a sua morte, “para ele muito carinho e gratidão”, e para a família “célula fundamental da sociedade, deve ser defendida e apoiada”.

Francesca Sabatinelli – Cidade do Vaticano

A guerra e os horrores dos conflitos que marcaram o ano de 2023 fluem nas palavras de Francisco que, da janela do Palácio Apostólico, oferece a sua última saudação deste ano que está prestes a terminar. As suas palavras são dramáticas, a começar pela violência do Natal na Nigéria, onde em vários locais do Estado de Plateau, na parte central do país, pelo menos 170 pessoas foram mortas em ataques de grupos armados:

Infelizmente, a celebração do Natal na Nigéria foi marcada por graves violências no Estado de Plateau, com muitas vítimas. Rezo por eles e suas famílias. Que Deus livre a Nigéria destes horrores!

Francisco menciona ainda o dramático acidente ocorrido na Libéria, onde mais de 40 pessoas morreram devido à explosão de um navio-tanque. As suas palavras dirigem-se então a todos aqueles povos que vivem conflitos dramáticos:

Continuamos a rezar pelos povos que sofrem por causa das guerras: o martirizado povo ucraniano, os povos palestiniano e israelense, o povo sudanês e muitos outros. Ao final de um ano, se tenha a coragem de perguntar: quantas vidas humanas foram perdidas em conflitos armados? Quantos mortos? E quantas destruições, quanto sofrimento, quanta pobreza? Quem tem interesse nestes conflitos, ouça a voz da consciência. E não esqueçamos os martirizados Rohingya!

Há um ano faleceu Bento XVI, e por ele Francisco, recordando o seu grande amor pela Igreja, pede aplausos:

Há um ano o Papa Bento XVI concluía seu caminho terreno, depois de ter servido a Igreja com amor e sabedoria. Temos por ele tanto afeto,, tanta gratidão, tanta admiração. Do Céu nos abençoe e nos acompanhe. E um aplauso para Bento XVI!

Ao saudar os peregrinos presentes na Praça de São Pedro, Francisco dirige finalmente uma mensagem especial a todas as famílias, quer na praça como aquelas que o acompanham partir de casa, para reiterar seu insubstituível papel na sociedade.

Não esqueçamos que a família é a célula fundamental da sociedade: devemos sempre defendê-la e apoiá-la, sempre!

DomSegTerQuaQuiSexSab
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23242526272829
30123456
DomSegTerQuaQuiSexSab
30123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
DomSegTerQuaQuiSexSab
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293012345
DomSegTerQuaQuiSexSab
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
DomSegTerQuaQuiSexSab
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
1
2
3
4

Livros Recentes