Haiti, dom Dumas: "ofereço-me como refém para salvar as irmãs sequestradas"

  • Home
  • -
  • Notícias
  • -
  • Haiti, dom Dumas: "ofereço-me como refém para salvar as irmãs sequestradas"
Haiti, dom Dumas: "ofereço-me como refém para salvar as irmãs sequestradas"
Fonte: VATICANO

Haiti, dom Dumas: "ofereço-me como refém para salvar as irmãs sequestradas"

O bispo da diocese de Anse-à-Veau-Miragoâne, através dos meios de comunicação do Vaticano, pede a libertação das religiosas sequestradas há três dias por um dos grupos armados que está colocando o país caribenho à prova. "Sequestrar mulheres que dedicam suas vidas para salvar os pobres e os jovens é um gesto que será julgado por Deus". Gratidão ao Papa pela proximidade e pela oração.

Federico Piana - Cidade do Vaticano

Ouça e compartilhe

"Por favor, me levem no lugar delas. Estou pronto!" Quando fez o apelo aos sequestradores, dom Pierre-André Dumas ainda tinha nos olhos o sorriso das religiosas levadas à força há três dias, enquanto viajavam em um ônibus pelas ruas  da diocese de Anse-à-Veau-Miragoâne. Foram raptadas seis irmãs da congregação de Santa Ana, cujo altruísmo e auto-sacrifício o bispo da Igreja haitiana conhece bem, juntamente com o motorista do veículo e a jovem sobrinha de uma das irmãs, que sonhava em assistir a aulas na universidade. 

Disposto a dar a vida 

Por todos os reféns, o prelado estaria disposto a dar sua vida, sem pensar duas vezes. "Por enquanto, não recebi nenhum sinal dos sequestradores. Mas estou à disposição. Um padre da minha diocese que trabalha em uma favela e uma religiosa da Madre Teresa de Calcutá também se ofereceram para me acompanhar", diz Dumas, com a voz cheia de emoção. Além de transmitir grande expectativa pelo desejo de encerrar o caso que tem abalado toda a Igreja local.

Dor e indignação

Além da dor, há também a indignação. As irmãs sequestradas - possivelmente mantidas em cativeiro na região sul da capital, Porto Príncipe, por uma das gangues armadas que estão fazendo com que o país caribenho seja palco da violência, exigem 3 milhões de euros em troca da libertação - passaram a vida cuidando das feridas de um dos povos mais pobres do mundo, sem pedir nada em troca. "Elas se dedicam", diz o bispo, "a educar os jovens, a evangelizar, a estar perto daqueles que não têm nada. Elas doaram suas vidas inteiramente ao nosso povo". E, portanto, dom Dumas está horrorizado com o fato de que os filhos dessas mesmas pessoas possam ter realizado um gesto que ele mesmo descreve como "desumano" e "pelo qual, um dia, Deus exigirá uma prestação de contas".

Agradecimento ao Papa

O bispo sentiu-se reconfortado com o apelo pela libertação dos reféns que o Papa fez com firmeza no discurso após o Angelus, no domingo, 21 de janeiro. "Francisco quis rezar pela harmonia social no país, e Deus sabe o quanto precisamos dela", explica o prelado, que também tenta deixar claro como esse sequestro faz parte de uma situação de violência gerada não apenas pela pobreza extrema, mas também pela completa ausência de política e instituições. "A nação", denuncia Dumas, "não é governada. As eleições foram suspensas, não há instituições democráticas e são apenas os clãs armados, que comandam quase 80% de Porto Príncipe. O Papa está realmente certo: falta uma verdadeira harmonia social".

Igreja em campo

O papel da Igreja local, nesse contexto instável, é promover um diálogo entre todos os agentes políticos e institucionais. Isso é necessário, explica o bispo, porque as pessoas estão cansadas: "Por mais de três meses eu me ofereci, com o sinal verde de nossa Conferência Episcopal, para ouvir todas as partes envolvidas. Estamos tentando obter um amplo consenso para sair dessa crise da melhor maneira possível", conclui o bispo haitiano. 

DomSegTerQuaQuiSexSab
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23242526272829
30123456
DomSegTerQuaQuiSexSab
30123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
DomSegTerQuaQuiSexSab
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293012345
DomSegTerQuaQuiSexSab
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
DomSegTerQuaQuiSexSab
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
1
2
3
4

Livros Recentes