Dom Jaime expressa preocupação com a saúde do povo gaúcho

  • Home
  • -
  • Notícias
  • -
  • Dom Jaime expressa preocupação com a saúde do povo gaúcho
Dom Jaime expressa preocupação com a saúde do povo gaúcho
Fonte: SANTUÁRIO APARECIDA

Há duas semanas, os gaúchos sofrem com os fortes temporais que aumentaram o volume das águas dos rios Taquari, Caí, Pardo, Jacuí, Gravataí e Sinos, e elevaram o nível do Lago Guaíba, em Porto Alegre (RS). A água está chegando à Lagoa dos Patos, no sul do Estado, colocando as cidades ribeirinhas em risco. Um evento climático extremo que é resultado, como afirmam os especialistas, principalmente do aquecimento global.

Os municípios estão arrasados, dificuldade extrema no resgate de pessoas e animais, famílias em abrigos improvisados. A Defesa Civil informou que 148 pessoas morreram, 124 estão desaparecidas e 806 estão feridos. Mais de 615 mil gaúchos estão fora de suas casas, e as chuvas afetaram 446 cidades do Rio Grande do Sul.

Para o site oficial da Santa Sé, Dom Jaime Spengler, Arcebispo de Porto Alegre e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), comentou a respeito da situação das cheias na capital e no interior do Estado.

"Em todo caso, o Guaíba continua subindo e aí se pode imaginar o que isso está significando já há uma semana, regiões inteiras debaixo da água, sobretudo aqui na Região Metropolitana. No interior do estado a água subiu, desceu e subiu de novo. E agora já está descendo. Os estragos são inúmeros, as cidades aqui que foram arrasadas, destruídas, as imagens são muito fortes. Na Região Metropolitana, a água subiu, mas não tinha correnteza. Então invadiu casas, comércio, ruas, etc, mas não destruiu com a força da água. É claro que as casas que estão dentro da água, sobretudo as casas de alvenaria, vão demorar muito para secar e poder serem usadas novamente".

Arquidiocese de Porto Alegre
Arquidiocese de Porto Alegre


Preocupações com a saúde, o frio e a água potável

Cidades registraram geadas e temperatura de 4°C na manhã desta terça-feira (14). A passagem de uma frente fria estava prevista desde a última semana e deve ser ainda mais intensa na quarta-feira (15), de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Neste período, o ar frio e seco ganhará força. Ao amanhecer, as mínimas podem chegar a 0° na serra, condição favorável para formação de geada moderada e até mesmo forte em alguns pontos.

Dom Jaime informou sobre as complicações do povo gaúcho com a queda brusca nas temperaturas, o que compromete o acolhimento das pessoas nos abrigos que ainda têm roupas molhadas que não conseguiram secar.

"A acesso à cidade continua por um único caminho. O aeroporto continua fechado até o final do mês, provavelmente, se não mais. O próprio aeroporto está dentro da água. Não tem faltado doações, muita coisa está chegando. A solidariedade tem se manifestado de uma forma muito forte e muito bonita. Há preocupação com a água potável. E agora também há uma preocupação muito forte: primeiro com a questão do frio que pode trazer uma série de consequências para a saúde de muitas pessoas, mas também a tuberculose e a leptospirose. São situações doenças que começam a se manifestar".

Além dessas doenças, o Arcebispo ainda alerta para os cuidados relacionados a saúde mental, pois está presenciando fatos de alteração emocional em algumas comunidades.

"Ontem aqui numa paróquia nossa tivemos o caso de um pai de família que surtou e queria matar a família inteira. Foi chamada a polícia, foi chamado o padre e enfim se resolveu a situação, mas é um pouco o desespero, por assim dizer, que se manifesta em alguns também. Já tivemos nos abrigos também pessoas que de repente começam a perder o controle pessoal".

:: Quem deseja fazer uma contribuição aos irmãos do Rio Grande do Sul, façam diretamente pelo PIX 33685686001041 (CNPJ), em nome da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil — Regional Sul 3. Outra opção é através da Cáritas Brasileira através do PIX 33654419.0010-07 (CNPJ) ou por depósito bancário para: Conta Corrente: 55.450-2 / Agência 1248-3 (Banco do Brasil).

.:: Santos guardiões das águas: Protegendo contra as enchentes


Fonte: Vatican News

DomSegTerQuaQuiSexSab
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
1415
16171819202122
23242526272829
30123456
DomSegTerQuaQuiSexSab
30123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
DomSegTerQuaQuiSexSab
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293012345
DomSegTerQuaQuiSexSab
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
DomSegTerQuaQuiSexSab
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
1
2
3
4

Livros Recentes