Jesuítas celebram 70 anos de Centro dedicado ao acompanhamento das juventudes

  • Home
  • -
  • Notícias
  • -
  • Jesuítas celebram 70 anos de Centro dedicado ao acompanhamento das juventudes
Jesuítas celebram 70 anos de Centro dedicado ao acompanhamento das juventudes
Fonte: VATICANO

Jesuítas celebram 70 anos de Centro dedicado ao acompanhamento das juventudes

Com relevância em todo o território nacional e latino-americano, o Centro MAGIS Anchietanum, administrado pela Companhia de Jesus celebra seu ano jubilar no acompanhamento das juventudes na construção de um futuro cheio de esperanças

A Companhia de Jesus tem como uma de suas Frentes Apostólicas de Missão no Brasil, o olhar para as juventudes e vocações, buscando acompanhá-los concretamente para a construção de um futuro cheio de esperanças. Fazem isso por meio da Rede Inaciana de Juventude – MAGIS Brasil que através dos Centros e Espaços espalhados por todo o território nacional, chegam ao coração dos destinatários.

O Centro MAGIS Anchietanum, na capital paulista, que homenageia o Padroeiro do Brasil, São José de Anchieta, em sete décadas de atuação, é um dos primeiros espaços dedicados às juventudes no Brasil e um dos mais antigos e consolidados. Além de promover diversas ações nas áreas de espiritualidade; formação humana, pastoral e sociopolítica; arte e cultura; voluntariado e inserção social; assessoria a grupos de jovens; defesa de direitos; e pesquisa sobre o mundo juvenil, é referência não só para a Companhia de Jesus e sociedade no País, mas também em toda a América Latina.

Celebração Eucarística do Centro
Celebração Eucarística do Centro

Memória agradecida

 

Durante o ano de 2023, as celebrações foram divididas em três períodos: Memória Agradecida, Presença e Dom e Ação de Graças. Em cada uma delas, buscou-se rememorar as pessoas, momentos, a vida e missão do Centro, além de refletir seu papel de acompanhamento das juventudes, visando o planejamento apostólico para os próximos anos.

“A Companhia de Jesus nasce na universidade, com um grupo de amigos que com muita seriedade queriam ser companheiros de Jesus. Esse Centro recorda a gênese de nossa ordem que nasce dos jovens e que propõe com discernimento caminhos para se viver uma vida com sentido”, diz o diretor do Centro MAGIS Anchietanum, padre Edson Tomé Pacheco, SJ.

“Eu vivi três momentos distintos neste espaço. Me encontrei jovem participando das atividades, me encontrei colaborador voluntário, acompanhando aqueles e aquelas que bebiam da espiritualidade inaciana e agora volto como Jesuíta, porque entendi que mesmo, sendo bancário e feliz na vida que tinha, Jesus me pedia mais, que fosse seu companheiro. Hoje sou jesuíta e este Centro me ajudou muito no discernimento”, enfatiza o estudante jesuíta Renato Correia, SJ.

Por ocasião do ano jubilar, o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Juventude da CNBB, Dom Vilsom Basso, através de uma mensagem enviada em vídeo destacou a relevância do Centro para a Igreja e para os jovens: “sou muito agradecido por poder contar com o Anchietanum e com os Jesuítas nessa bonita e desafiadora missão de acompanhar os e as jovens em seus projetos de vida”.

Celebração Eucarística no Anchietanum
Celebração Eucarística no Anchietanum

Celebração da unidade

 

No sábado (16), o Centro MAGIS Anchietanum concluiu seu ano jubilar em missa presidida pelo Coordenador do Núcleo Apostólico São Paulo, Padre Edison de Lima, SJ, com a presença de jovens, colaboradores e frequentadores da casa ao longo de 70 anos de história.

Reconhenhecimentos em 2023

Tamanho é um impacto do trabalho desenvolvido pelo Centro ao longo dos anos que a obra que herda o carisma de Santo Inácio de Loyola, recebeu no mês de dezembro dois significativos reconhecimentos: o Selo “Direitos Humanos e Diversidade", promovido pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo, na categoria “Juventudes” e o reconhecimento do Departamento do Patrimônio Histórico (DPH), ligado à Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, por sua atuação na promoção de reuniões preparatórias e eventos para pessoas com deficiência em 1981, em que celebrou-se o Ano Internacional da Pessoa Deficiente. Assim foi entendido como parte da história da cidade.

*Ronnaldh Oliveira e Jenniffer Silva via Jesuítas Brasil

Vocacionados jesuítas
Vocacionados jesuítas

 

DomSegTerQuaQuiSexSab
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23242526272829
30123456
DomSegTerQuaQuiSexSab
30123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
DomSegTerQuaQuiSexSab
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293012345
DomSegTerQuaQuiSexSab
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
DomSegTerQuaQuiSexSab
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
1
2
3
4

Livros Recentes