Pastoral da Criança participa da Semana da Primeira Infância Quilombola

  • Home
  • -
  • Notícias
  • -
  • Pastoral da Criança participa da Semana da Primeira Infância Quilombola
Pastoral da Criança participa da Semana da Primeira Infância Quilombola
Fonte: CNBB

Pastoral da Criança participa da Semana da Primeira Infância Quilombola

Inúmeras informações retratam as mazelas que afetam crianças e adolescentes brasileiros, mas, entre eles, um grupo que enfrenta, em pleno 2023, escassez seculares: os quilombolas.  Para mudar esta realidade, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) abriu a Semana da Primeira Infância Quilombola, em União dos Palmares, Alagoas, na segunda-feira (13/11), e estendeu-se até sábado (18/11) com ações em benefício da comunidade quilombola.

O evento será o primeiro de uma série de semanas dedicadas a infâncias diversas, capitaneadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e realizadas em parceria com os poderes Executivo, Legislativo e a sociedade civil, promovendo um mutirão de serviços da Justiça Itinerante, rodas de conversa, oficina sobre prevenção à violência doméstica, palestras, mesas redondas, serviços de saúde, educação e assistência social.

A Pastoral da Criança teve a oportunidade de apresentar na prática a ação mais importante da missão: a visita domiciliar usando o aplicativo Pastoral da Criança + gestantes. “Na ocasião oportuna, a equipe organizadora e parceiros, além de acompanharem se encantaram com as orientações sobre saúde, educação, prevenção de acidentes, aleitamento materno, pré-natal e todos os indicadores de oportunidades e conquistas que o aplicativo gera para as famílias, principalmente as gestantes e crianças de zero a seis anos”, destaca Maria Martiniano, membro técnico da Pastoral da Criança, que está participando da cerimonia.

“Houve o momento da ação brinquedos e brincadeiras onde as líderes e a comunidade propiciaram “oficina de barro” como resgate da brincadeira e cultura da comunidade Muquem”, explica.

Maria ressalta que o ponto forte é a necessidade da atenção especial a infância quilombola com destaque que a criança seja prioridade nas políticas públicas. “Apresentamos todo o conteúdo do aplicativo Pastoral da Criança e enfatizamos a formação contínua dos líderes para atuarem nas diversas situações, como a criança prematura, intolerância religiosa, citamos, também, o e-Espiritualidade, e-Alimentação, e-Brinquedos e Brincadeiras a fim de incentivar e proporcionar o brincar e os demais”, finaliza.

DomSegTerQuaQuiSexSab
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19202122
23242526272829
30123456
DomSegTerQuaQuiSexSab
30123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
DomSegTerQuaQuiSexSab
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293012345
DomSegTerQuaQuiSexSab
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
DomSegTerQuaQuiSexSab
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
1
2
3
4

Livros Recentes