Papa confirma o Bispo de Assis à frente da Economia de Francisco

  • Home
  • -
  • Notícias
  • -
  • Papa confirma o Bispo de Assis à frente da Economia de Francisco
Papa confirma o Bispo de Assis à frente da Economia de Francisco
Fonte: VATICANO

Papa confirma o Bispo de Assis à frente da Economia de Francisco

A carta do Pontífice a dom Sorrentino e aos membros do Comitê: "Peço-lhes que sejam os intérpretes daquilo que os jovens estão sonhando e levando em frente".

Em uma carta datada de 5 de dezembro passado, o Papa Francisco confirmou dom Domenico Sorrentino, bispo das dioceses de Assis-Nocera Umbra-Gualdo Tadino e Foligno, à frente da Economia de Francisco, o movimento internacional de economistas, empresários, ativistas e promotores da economia sustentável com menos de 35 anos para relançar uma economia de paz e com um "rosto humano", centrada nos ensinamentos de São Francisco de Assis. O Santo Padre também endereçou a carta aos outros membros do comitê organizador da Economia de Francisco, o economista Luigino Bruni e a presidente do Instituto Seráfico Francesca di Maolo, relançando assim o projeto que desejava e confiando ao próprio bispo de Assis a tarefa de definir suas linhas organizacionais, de acordo com o Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral.

A carta do Papa

"Considerando o vínculo que se criou com a Igreja particular que acolheu desde o início a iniciativa da Economia de Francisco", lê-se na carta do Papa, "confio, portanto, todo o projeto à solicitude pastoral do Bispo de Assis-Nocera Umbra-Gualdo Tadino, para que, como autoridade competente, providencie tudo o que for necessário para atribuir-lhe o devido status jurídico, emitindo, se necessário, as medidas e normas adequadas. O mesmo será responsável pela supervisão da Economia de Francisco segundo o direito canônico. O Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, que o acompanhou até este ponto do caminho, continuará a estar ao seu lado nas questões relacionadas ao Magistério Pontifício e à Doutrina Social da Igreja".

"Eu sei", escreve o Papa no texto, "que os jovens ativos nas várias regiões do mundo foram envolvidos para receber indicações sobre o desenvolvimento organizacional e a futura governança. Peço-lhes, portanto, que sejam os intérpretes daquilo que os jovens estão sonhando e levando adiante. Caro irmão, caros membros do Comitê Organizador, renovo minha gratidão a vocês pelo que realizaram e sou grato pelo que ainda estão dispostos a fazer. De coração, eu os abençoo, pedindo-lhes que continuem a rezar por mim".

Gratidão do bispo

Dom Sorrentino, também em nome dos outros membros do Comitê, agradeceu a Francisco por sua renovada confiança. "Espero, no devido tempo", disse o bispo, "fazer com que esse processo, que vê tantos jovens em todo o mundo comprometidos com entusiasmo e competência, possa ter o sucesso que merece para a renovação integral da economia sob a bandeira da solidariedade, da justiça e do respeito ao meio ambiente". 

DomSegTerQuaQuiSexSab
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19202122
23242526272829
30123456
DomSegTerQuaQuiSexSab
30123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
DomSegTerQuaQuiSexSab
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293012345
DomSegTerQuaQuiSexSab
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
DomSegTerQuaQuiSexSab
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
1
2
3
4

Livros Recentes