O Papa: pensemos em todos com a gentileza de Deus, em quem é marginalizado

  • Home
  • -
  • Notícias
  • -
  • O Papa: pensemos em todos com a gentileza de Deus, em quem é marginalizado
O Papa: pensemos em todos com a gentileza de Deus, em quem é marginalizado
Fonte: VATICANO

O Papa: pensemos em todos com a gentileza de Deus, em quem é marginalizado

Neste IV Domingo do Advento, o Evangelho nos apresenta a cena da Anunciação. O anjo, para explicar a Maria como ela conceberá Jesus, diz-lhe: «O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a cobrirá com sua sombra». O Papa se deteve na imagem da sombra recorrente na Bíblia. "A sombra fala da gentileza de Deus", disse ele. "A sombra é um dom que restaura", sublinhou.

Mariangela Jaguraba - Vatican News

O Papa Francisco rezou a oração mariana do Angelus deste domingo, 24 de dezembro, Vigília de Natal, com os fiéis e peregrinos reunidos na Praça São Pedro.

Neste IV Domingo do Advento, o Evangelho nos apresenta a cena da Anunciação. O anjo, para explicar a Maria como ela conceberá Jesus, diz-lhe: «O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a cobrirá com sua sombra». Então, o Papa se deteve na imagem da sombra.

 A sombra é um dom que restaura

Segundo Francisco, "numa terra como a de Maria, perpetuamente ensolarada, uma nuvem passageira, uma árvore que resiste à seca e oferece abrigo, uma tenda hospitaleira traz alívio e proteção. A sombra é um dom que restaura, e o anjo descreve exatamente o modo como o Espírito Santo desce sobre Maria, o modo de Deus fazer as coisas: Deus age sempre como um amor gentil que abraça, fecunda e protege, sem fazer violência, sem ferir a liberdade. Assim, é a maneira de agir de Deus".

“A imagem da sombra que protege é uma imagem recorrente na Bíblia. Pensemos na sombra que acompanha o povo de Deus no deserto. A sombra fala, em suma, da gentileza de Deus. É como se Ele dissesse a Maria, mas também a todos nós hoje: "Estou aqui para você e me ofereço como seu refúgio e seu abrigo: venha sob a minha sombra, fica comigo".”

Pensar em quem está longe da alegria do Natal

"Irmãos e irmãs, é assim que o amor fecundo de Deus se comporta. É algo que, de certa forma, também podemos experimentar entre nós, por exemplo, quando entre amigos, namorados, cônjuges, pais e filhos, somos delicados e respeitosos, cuidando dos outros com gentileza. Pensemos na gentileza de Deus", disse ainda o Papa.

“Deus ama assim e nos chama a fazer o mesmo: acolhendo, protegendo e respeitando os outros. Pensar em todos, pensar em quem é marginalizado, em quem está longe nesses dias da alegria do Natal. Pensemos em todos com a gentileza de Deus. Lembrem-se desta palavra: a gentileza de Deus.”

A seguir, Francisco convidou cada um a se perguntar na Vigília de Natal: "Quero deixar-me envolver pela sombra do Espírito Santo, pela doçura e mansidão de Deus, pela gentileza de Deus, abrindo-lhe espaço no meu coração, aproximando-me do seu perdão, da Eucaristia? E depois: para quais pessoas sozinhas e necessitadas eu poderia ser uma sombra que restaura, uma amizade que consola?"

"Que Maria nos ajude a ser abertos e acolhedores para com a presença de Deus, que com mansidão vem nos salvar", concluiu.     

DomSegTerQuaQuiSexSab
30
1
2
3456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
DomSegTerQuaQuiSexSab
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293012345
DomSegTerQuaQuiSexSab
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
DomSegTerQuaQuiSexSab
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
1
2
3
4