O martírio dos católicos que desafiaram Hitler é tema de livro

  • Home
  • -
  • Notícias
  • -
  • O martírio dos católicos que desafiaram Hitler é tema de livro
O martírio dos católicos que desafiaram Hitler é tema de livro
Fonte: VATICANO

O martírio dos católicos que desafiaram Hitler é tema de livro

O livro "La lama e la croce" ("A lâmina e a cruz") - fruto das pesquisas do escritor Francesco Comina no Alto Adige, Áustria e Alemanha - narra os acontecimentos e o martírio dos católicos que desafiaram Hitler em nome da consciência. Estará à venda nas livrarias italianas a partir de 15 de janeiro e será divulgado na presença do autor em 10 encontros em diferentes cidades.

As pouco conhecidas histórias da vida dos mártires católicos que se opuseram a Hitler são agora contadas por Francesco Comina em seu novo livro "A Lâmina e a Cruz" (Libreria Editrice Vaticana, 176 pp. 15 euros), nas livrarias a partir de 15 de janeiro. A narrativa do jornalista sul-tirolês é baseada em documentos encontrados em arquivos, em testemunhos de herdeiros destes mártires e nas visitas a locais de memória na Itália, Áustria e Alemanha.

Algumas destas figuras tornaram-se conhecidas do grande público, outras ficaram restritas apenas ao âmbito eclesial, enquanto outras ainda são praticamente desconhecidas e merecem destaque pela sua mensagem de resistência civil e testemunho cristão.

Os jovens

 

Entre os personagens menos conhecidos e mais interessantes evocados pelo livro está Walter Klingenbeck, jovem de Munique de 19 anos, que reuniu ao seu redor um pequeno grupo, iniciando ações de resistência não violenta e de consciência antinazista: entre as suas iniciativas, o projeto de um “drone”, um avião telecomandado, para espalhar panfletos antinazistas a fim de despertar a consciência civil da população, contagiada pela propaganda do Terceiro Reich. O círculo de Klingenbeck também projetou uma rádio clandestina, pintou símbolos ligados aos Aliados nas paredes dos prédios e tentou sacudir a opinião pública.

 

Dos quatro jovens do grupo presos, apenas Walter acabou no patíbulo, sendo decapitado em 5 de agosto de 1943. Mesma destino tiveram dois pais de família, que hoje a Igreja reconhece como beatos: Franz Jägerstätter - o agricultor austríaco que ficou famoso pelo filme de Terrence Malick a ele dedicado The Hidden Life ("A vida escondida") , eliminado em 9 de agosto de 1943 após ser trancafiado na mesma prisão que Dietrich Bonhoeffer - e Josef MayrNusser, membro da Ação Católica, marido e pai de família, que, tendo se alistado no exército alemão, recusou jurar a Hitler e por isso foi enviado para Dachau: morreu de sofrimento na viagem para o campo de concentração em 24 de fevereiro de 1945.

Singular a ligação que Francesco Comina traçou entre a história de Mayr-Nusser - responsável pelos jovens da Ação Católica do Alto Adige nos anos de guerra -, e a história do batalhão de Brixen, formado por jovens do Alto Adige. 

De fato, cerca de dois mil novos recrutas recusaram-se a cumprir o juramento de sangue ao Führer e por isso foram punidos com o envio para zonas de guerra onde eram "bucha de canhão". Muitos daqueles jovens que em fevereiro de 1945 deveriam prestar juramento em Bressanone eram da Ação Católica, educados por MayrNusser, e permaneceram em silêncio em nome da sua fé cristã.

As mulheres

 

Francesco Comina, ademais, entrelaça e dá voz às histórias de três mulheres, esplêndidas figuras de resistentes em nome do Evangelho à violência e à opressão da suástica: Irmã Maria Angela Autsch, culpada por resistir ao nazismo na Áustria e por isso enviada para Auschwitz, onde trabalhou duro nos barracões da morte, até sua morte em um bombardeio em 23 de dezembro de 1944. Também Eva-Maria Buch e Maria Terwiel, duas mulheres alemãs ativas em Berlim nas redes de resistência que faziam oposição ao Terceiro Reich, alcançadas pela Gestapo e mortas na guilhotina, brilham como objetoras ao nazismo em nome do Evangelho.

 

Os sacerdotes

 

Entre as testemunhas descritas por Comina estão também três sacerdotes: Max Josef Metzger, sacerdote pacifista, ativo na ação ecumênica, incansável conferencista e animador comunitário, decapitado em 17 de Abril de 1944; Franz Reinisch, religioso palotino que havia estudado em Brunico e Bolzano, pregador incansável contra o nazismo, por isso preso e guilhotinado em 21 de agosto de 1942; padre Heinrich Dalla Rosa, natural de Lana, província de Bolzano, cujas declarações contra o nazismo foram denunciadas por alguns vizinhos: não desmentiu sua oposição ao Terceiro Reich e por isso foi morto em 24 de Janeiro de 1945.

Francesco Comina participará de uma série de encontros para apresentar seu livro: na segunda-feira, 15 de janeiro, às 18h, no Museu da Mulher em Merano (BZ); terça-feira, 16 de janeiro às 17h30, no Polo «Vigilianum», em Trento; quarta-feira, 17 de janeiro às 17h30, na Sala Fondazione Caritro em Rovereto (TN);  na quinta-feira, 18 de janeiro às 18h, no espaço Luogo Comune em Riva del Garda (TN); na sexta-feira, 19 de janeiro às 20h30, no Monastero bene comune, em Sezano (VR); sábado, 20 de janeiro às 17h30, na Livraria Paoline), em Brescia; sexta-feira, 26 de janeiro, em Vicenza (17h30, livraria San Paolo) e em San Bonifacio (VR) (20h45, Sala Barbarani), sábado, 27 de janeiro, em Fumane (VR) (10h, sala consiliare), domingo, 28 de janeiro, em Sommacampagna (VR) (às 9h30, sala consiliare).

O autor

 

Francesco Comina (Bolzano, 1967) é jornalista e escritor. Sempre interessado nos temas da não-violência e dos direitos humanos, coordenou durante dez anos o Centro da Paz do Município de Bolzano. Escreveu vários ensaios, traduzidos para vários idiomas, incluindo Sozinho contra Hitler. Franz Jägerstätter, o primado da consciência (Emi), O homem que disse não a Hitler. Josef Mayr-Nusser, um herói solitário (il Margine), Monsenhor Romero, mártir do povo. Os últimos dias na narrativa do diário (La Meridiana)

DomSegTerQuaQuiSexSab
30
1
2
3456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
DomSegTerQuaQuiSexSab
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293012345
DomSegTerQuaQuiSexSab
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
DomSegTerQuaQuiSexSab
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
1
2
3
4