Parolin entre os pequenos pacientes do Menino Jesus. “Apoiem as famílias”

  • Home
  • -
  • Notícias
  • -
  • Parolin entre os pequenos pacientes do Menino Jesus. “Apoiem as famílias”
Parolin entre os pequenos pacientes do Menino Jesus. “Apoiem as famílias”
Fonte: VATICANO

Parolin entre os pequenos pacientes do Menino Jesus. “Apoiem as famílias”

O secretário de Estado visitou, como todos os anos, os pacientes do hospital pediátrico do Vaticano para levar-lhes as saudações do Papa em vista do Natal.

Salvatore Cernuzio – Vatican News

Na tarde de sexta-feira, 22 de dezembro, o secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin, visitou o Hospital Pediátrico Menino Jesus. No hospital do Vaticano, excelência pediátrica na Europa conhecida em todo o mundo, o cardeal levou os melhores votos e presentes – e também de carinho e proximidade – do Papa Francisco. “Trago-lhe as saudações do Papa, sabia?”, disse a André que está internado após um transplante de fígado. “Ele obteve o diploma de Ensino Médio aqui conosco”, explicam os médicos, “ele fez a prova no hospital”. “Muito bem”, exclamou Parolin. “Quero entrar na universidade, mas com tudo o que passei...” diz o garoto, decidido a assistir uma série no computador. A mãe aponta ao secretário de Estado os livros colocados no parapeito da janela, volumes preparatórios para os vestibulares. “Muito bem, você já está olhando para frente.”

Saudação a Sveva, que está hospitalizada há dez anos

Pequenas conversas que visam aliviar o sofrimento dos doentes, mas sobretudo dos pais, alguns dos quais estão próximos dos filhos há dias, meses ou anos. Mesmo por dez anos. Como o pai e a mãe de Sveva, que desde que nasceu “teve muitas coisinhas para resolver”, afirma o médico que a acompanha. “Não existe uma santa Sveva, talvez ela seja a primeira”, sorri a mãe. “Vocês, pais, também”, respondeu Parolin.

Os presentes do Papa

O cardeal levou para eles e para as outras famílias uma pequena imagem do Papa e deu de presente uma cruz de plástico com o rosto de Cristo, que é o que se vê em muitos destes pacientes, que passarão o Natal com o bip contínuo do monitor cardíaco que mede os seus parâmetros, entre luzes de néon e quartos com forte cheiro a desinfetante embelezados com desenhos, brinquedos ou presépios, festões e arvores realizada pela equipe de enfermagem.

A recitação da Ave-Maria em todos os quartos

Parolin caminhou pela enfermaria por quase uma hora, cumprimentando a todos. Em cada sala, ao final, após um aperto de mão ou um pedido de foto, ele pedia “para quem desejava” que rezasse a oração da Ave-Maria. Quase um Rosário que o cardeal recitou nos dez quartos em que entrou, exceto o último da Unidade de Terapia Intensiva. Lá ele permaneceu do lado de fora e enviou uma bênção.

Apoio às famílias

Nas palavras do cardeal há apenas um “obrigado” por um serviço que “serve a causa das crianças doentes que são uma categoria muito especial, mas também a causa da evangelização, de forma indireta”. “Vocês – disse aos funcionários do hospital – não pregam, mas com o seu trabalho estão dando testemunho desta missão que Jesus confiou aos discípulos”. Daí o encorajamento a prosseguir com “paixão” e “entusiasmo”, mas sobretudo a permanecer perto das famílias: “Hoje sabemos que é necessário apoiar as famílias em momentos de fragilidade, problemas e dificuldades. Sejam motivo de esperança para os pacientes e seus familiares.”

DomSegTerQuaQuiSexSab
30
1
2
3456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
DomSegTerQuaQuiSexSab
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293012345
DomSegTerQuaQuiSexSab
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
DomSegTerQuaQuiSexSab
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
1
2
3
4